domingo, 30 de maio de 2010

A próxima vez...



A próxima vez que a gente se encontrar
Eu vou te dar um beijo... sem pensar, calada...
A próxima vez que a gente se beijar
Eu vou querer o mundo... com você, do lado!

Por que não tentar comigo?
Por que querer ser seu... Amigo...
Amigo não...
Não há abrigo, não

A próxima vez que a gente se encontrar
Eu vou te abraçar...
Vou chorar... vou morrer...
Só pra te fazer sorrir...

Só pra te fazer sorrir...

(Maria Gadú & Guga Peixoto)


---------------------------------------****-----------------------------------------



Sabe quando você acha uma musica especialmente linda, mais ela não se encaixa no momento da sua vida, mais é como se você quisesse que ela se encaixasse?

Na verdade apesar de eu querer que ela não se encaixe, ela se encaixa...
Mais não terá uma próxima vez, pra não correr o risco de eu 'querer o mundo...' entre otras cositas más... rs

Mas.. talvez bem lá no fundo eu quisesse uma próxima vez... aaaafffffffffff

esquece... rs

------------------------------------****---------------------------------

A noite na quarta foi de cããããOOOO...
Foi a eleição pra reitor da universidade e a contagem dos votos terminou as 4h da manhã...
Ficamos até o final... meus professores e eu!
Detalhe que eu e minha professora tínhamos que acordar cedo pra fazer a parte prática do nosso artigo...
Chegamos em Palmeira 5:00... dormimos até 07:00 e acordamos loucas...
Levamos o Tiiiaguinho (filho da fessora) na escola, compramos pão, tomamos café da manhã e fomos pra UNEAL buscar os GPS's. (e detalhe, meu fessor, esposo da fessora, ficou na boa... dormindo... affffff homensssss... kkkkkk)
De lá, mei de mato e fotos... coordenadas geográficas... mais fotos... mais coordenadas... relatorios visuais... mais fotos... e por aí foi!
Voltamos, pegamos Tiaguinho na escola e fomos pra casa (da fessora!) fazer a análise dos dados e dissertar sobre eles... Nesse meio tempo almoçamos e cochilamos 20 minutos...

Qdo acordamos corremos pra fazer o mapa da bacia hidrográfica e colocar as coordenadas... até aí moleza! Eu fiquei de terminar a fundamentação teórica e a parte da geomorfologia (que adoro!) mais quem disse que meus olhos ficavam abertosss?

Peguei as malas e vim embora pra casa... dormi o caminho todo na van! kkkkkkkkkkkkkk
cheguei em casa, dormi das 18:00h às 09:00 da manhã da sexta! kkkkkkkkkkkkkk Morrrta de cansada!!!!

Daí levantei e fui terminar o trabalho pra mandar pra professora... pra ela enviar pro congresso de Recife... axo que deu tempo! rssrsrsrs

Bom, sabado fiz porraniúma e hoje apliquei prova do concurso do IBGE... massinha!

BOm... é isso... saudades de contar meu dia... minhas coisas... rsrs

Abaixo foto da região de Palmeira dos Índios... Mto massa!

beijOs amores!




P.s.: Realmente... a faculdade é a melhor fase... por isso me amarro tanto pra sair dela!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk era pra ter saído já! kkkkkkkkkkkkkkkkkk tô tão beeeemmm assim! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Bjos²

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Bomm Diiiaaaaaaaaaaaa

Bom dia pessoassssssss!!!


Hoje é dia de 'vamU tentá matá a Criss'!!!!!


=)


Hoje vou passar o dia tooodiim na facu... e como se não bastasse vou dormir lá em Palmeira dos Índios mesmo... (cidade cÚ do mundo conde eu, anta, fui me embrenhar pra fazer um curso que na minha cidade tem... affff)

Amanhã de manhã acordarei linda e morena, calçarei minhas botas sete léguas charmosas e me embrenharei dentro do mato pra mapear um riacho (Riacho das Panelas... óia o nome... afff) e provavelmente voltarei com lama até na alma...

Volto logo mais na sexta-feira da minha maratona facu-aula pratica-facu-casa-camaeumdorflex!

Se eu voltar ainda em sã consciência eu posto aki umas fotos!

Torçam pro meu resto de juízo não evaporar no calor 'aconchegante' do sol escaldante!!!



beijOs pessoas liindas!

Criis

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Metamorfose ambulante...

Eu creio que cada um de nós escolhe como quer ser e o que ser...
Muito eu já ouvi por aí que eu sou uma metamorfose ambulante...
Por que eu mudava constantemente de visual... Cada mês era uma cor e um corte de cabelo... e assim foi durante um ano...
Creio que realmente eu seja assim, a tal metamorfose...
Tenho ânsia de mudança, aperfeiçoamento...
Pra mim, se não tá dando certo, hora de mudar... mudar de ritmo, de tática, mais mudar...
Não sou adepta a mesmice... ela me dá desespero, posso assim dizer...
A rotina me 'esbagaça'. Então o que fazer quando não se pode escapar dela?
Faça você o diferente no seu dia a dia...
Dê esse presente a você mesmo! Metamorfose é tudo que modifica, desde psiquicamente, biologicamente, materialmente e até fisicamente...
Saia do casulo!

Minha metamorfose não aconteceu apenas 'por fora'...
A melhor parte dela não pode ser vista a olho nú...
Mais pra quem convive comigo ela é nitidamente notada...
Creio que tudo pode ser aperfeiçoado...

Cresci ouvindo Raul e esta musica foi das primeiras que aprendi, ainda criança.
Não creio que isso tenha me influenciado, mais já adolescente (eu juro que não dei mto trabalho!!!) eu percebia que eu não conseguia ser uma coisa só...

"Se hoje eu sou estrela
Amanhã já se apagou
Se hoje eu te odeio
Amanhã lhe tenho amor"


Saca? rs
Muitos dizem que eu sou de lua... rs
que seja...
Imagina você ter que concordar com tudo aquilo que te foi pré-estabelecido... é quase não deixar os outros terem suas proprias opiniões...
Eu tenho sim minhas proprias opiniões formadas... Mais elas variam conforme o tempo passa... Talvez isso, pra mim, seja amadurecimento!
O fato é que "É chato chegar a um objetivo num instante"
Por isso eu 'prefiro ser essa metamorfose ambulante... Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo!'

;)

Esse vídeo fiz com umas fotos minhas (ego mode on) e demonstra a 'metamorfose de mim'
video


E você? Prefere ser essa metamorfose abulante ou ter aquela velha opinião formada sobre tudo?

BeijOs violetas!

Criis

quarta-feira, 19 de maio de 2010

A terceira postagem do dia!

Não nesse blog, óbvio! kkkkkkkkkkkkk
é que a loka aquee tem uma ruma de blog e vive correndo louca pra postar em todos e mantê-los atualizados... afff

Bom hj o dia foi assim:
Pensar, pensar, pensar...
escrever, escrever, escrever...

Quando eu terminava uma coisa tinha de iniciar outra em seguida... sem tempo nem pra tomar ar!

Deuzémais!

Bom, de resto atualizaei meu currículo na plataforma Lattes (auauau... rsrs)
E tô fazendo um trabalho pra uma vizinha minha que faz serviço social...
(é, eu faço geografia... quem manda ser inteligente? cof cof ... kkkkkkkkkkkkkkkkkkk)

Axo que amanhã naum passo por aki...
Vou passar o dia todo na Universidade... É minha penitência às quintas-feiras...
Mais sexta eu juro que talvez eu poste algo que preste aki!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

adoro falar nada! kkkkkkkkkkkkkkkkk

beijOs pra quem me lê!

e pra quem num me lê...

...


...

Criis


p.s.: meus outros blogs!

http://umageografaemparafuso.blogspot.com/

http://meninasupersincera.blogspot.com/

dá uma passadinha lá pow...

bjOOOssss

domingo, 16 de maio de 2010

Aloka em miimmm...

Sabe quanto tu abre esta página de postagem e fica olhando altos minutos pra ela em branco e não sai uma única idéia da sua cabeça mirabolante????
Pois bem... isso tá acontecendo aki e agora...
Não é que não tenha novidades para contar... até tem! Mais é tanta coisa que acontece ao mesmo tempo! Que eu nem sei por onde começar... É uma desordem mentaaaall... kkkkkkkkkkkkkkkk

Bom... a faculdade tá comendo meu pouco juízo...
E eu tô A-D-O-R-A-N-D-O isso!
Parei de trabalhar pra me dedicar única e exclusivamente a ela!

e Por enquando é isso...

Logo que minhas ideias se organizarem volto a postar com coerência (ou não! rsrs)

bjOss

terça-feira, 4 de maio de 2010

Rosa Vermelha



Traço de flor
Cheiro de rosa
Derrama-se em emoção
Sussurrando para o amor
Beijo em cor
Envolvente sedução
Queima a língua, deixa-o no vão
Rosa valente
Desapego, solidão
Brinca de amar
Espinhos da ilusão

Aquele que te tocar
Cairá sob teus pés
Sentirá sugada a sua alma
Por uma névoa vermelha
Lábios carnudos
A correr pelo seu corpo
Extraindo seu mel
Seu eu, seu tudo
Deixando-te vazio
A vagar pelo infinito
Nuvens-jardins

Flor carnívora
Perfume dilacerante
Perigo constante o teu querer
Teu amor, teu espinho
Carinho efêmero, espairecer
Vermelho, sangue das tuas veias
Da carótida dilacerada
Artérias pulsantes
Tentando sobreviver

Rosa vermelha
Vermelha rosa
Tuas vontades-perigos
Envolver, enredar
Cantar e fazer
Dos teus sonhos um par
Teus lábios ardentes
Um sonho beijar
Fingir, fugir
Pra nunca mais se encontrar...
(Cris Ribeiro - 2010)